Equilíbrio com os Sistemas DYWIDAG de Pré-Esforço: Ponte sobre o Rio Ceira

Na região portuguesa do Pinhal Interior está um dos maiores projetos de infraestrutura do país, em anos recentes. Os dois eixos mais importantes deste projeto são as estradas que ligam as cidades de Tomar e Coimbra, do Sul ao Norte, e a extensão da ligação desde o Pombal para oeste até Vila Velha de Ródão. Com um comprimento total de 20 km, esta grande obra reduz os tempos de viagem, para as regiões afetadas, em mais de 40%.

Um dos componentes mais importantes deste projeto de construção é uma nova ponte que atravessa o Rio Ceira perto de Coimbra, num vale muito profundo. No seu ponto mais alto, a ponte está localizada a 140m acima do leito do rio. A construção foi bastante desafiadora porque cruza diversas outras estradas municipais, para além da Estrada Nacional 17.

A Ponte sobre o Rio Ceira tem 930m de comprimento. O tabuleiro da ponte consiste em duas estruturas diferentes. O vão principal tem 250m de comprimento e uma largura de 26,4m. Foi construído usando um caixão pré-esforçado pelo método de carros de avanço, com avanços sucessivos. Os viadutos de acesso consistem em dois tabuleiros em betão armado pré-esforçado com uma dupla secção em vigas T que foram construídas com recurso a uma viga de lançamento tramo a tramo.

Para compensar a curvatura da ponte, no plano vertical, durante a construção, foram utilizados Tirantes DYWIDAG de Pré-Esforço em Cordão para contrariar as cargas assimétricas. Estes tirantes foram ancorados nas fundações dos pilares e conectadas ao topo do tabuleiro da ponte. Assim que os segmentos individuais do caixão pré-esforçado eram acoplados, estes tirantes temporários eram removidos. Para este efeito, foram utilizados 1450 t de aço de pré-esforço.

Para o pré-esforço da nova ponte, a Dywidag Sistemas Constructivos (DSC), através da sua sede e unidade de produção em Madrid, Espanha e com o apoio do escritório comercial em Lisboa, Portugal, forneceu Tirantes DYWIDAG em Cordão com 12, 22, 27, 31 e 37 cordões, 664 Ancoragens MA e 1940 Ancoragens Flat FA.

A Mota-Engil Engenharia e Construção S.A. é o parceiro exclusivo da DSI para o Sistema DYWIDAG de Pré-Esforço em Cordão para o mercado português. Graças a uma planificação de fornecimento elaborada pelas duas empresas, a DSC garantiu um fornecimento pontual dos sistemas de pré-esforço dentro dos prazos exigentes.

A DSI orgulha-se de ter participado neste projeto de elevada exigência. 

Dono de Obra

Ascendi Group, Portugal

Empreiteiro Geral

Consórcio constituído pela Mota-Engil Engenharia e Construção S.A. e pela OPWAY Engenharia S.A., ambas de Portugal

Cliente

Mota-Engil Engenharia e Construção S.A., Portugal

Assistência Técnica

LCW Consult, SA, Portugal

 


Unidade DSI

DYWIDAG Sistemas Constructivos S.A., Portugal

Participação da DSC

Produção, fornecimento

Produtos DYWIDAG

Tirantes DYWIDAG em Cordão com 12, 22, 27, 31 e 37 cordões, incluindo 664 Ancoragens MA; 1,940 Ancoragens Flat FA

Voltar Mais Projetos
DYWIDAG SISTEMAS CONSTRUCTIVOS, S.A.

envie-nos um e-mail
ou ligue para nós:
+351-21-892 28 90